RECEITAS JUNINAS E SUECAS: GLÖGG, QUENTÃO OU VINHO QUENTE!

11:48




Riccardo conta que quando morou na Suécia, uma das coisas mais reconfortantes no inverno era uma caneca quente de glögg caseiro. Nessa época do ano, os suecos costumam servir a bebida para as pessoas nas ruas, nas lojas, nos restaurantes, em qualquer lugar, no qual alguém esteja precisando de um calorzinho.


Glögg é o nome sueco para uma bebida muito semelhante ao quentão (feito tradicionalmente com cachaça) ou ao vinho quente (feito, obviamente, com vinho) que a gente costuma consumir durante as festas juninas e que é tradicional nos países nórdicos, principalmente durante o Natal. Ele é tão popular que, além das versões artesanais, lá se consegue comprar o produto pronto, feito com vinho ou na versão não alcoólica, só com frutas.

Como várias outras receitas tradicionais e populares, cada família tem a sua. Os principais ingredientes são vinho tinto, açúcar, especiarias como canela, cardamomo, gengibre, cravo, bitter orange, e opcionalmente, bebidas fortes como vodka, akvavit (a cachaça dos suecos!) ou brandy.

No vinho quente tinto usamos o cardamomo para dar uma cara bem sueca, mas também fizemos uma versão de vinho quente branco. Parece estranho, mas o vinho branco fica delicioso e quase não conseguimos guardar para usar em outra receita que estamos elaborando. Felizmente, este ano estamos tendo inverno e essas são duas opções deliciosas para as noites frias.

Os suecos costumam deixar passas e amêndoas sem pele em infusão na bebida e depois comê-las. A bebida também pode ser servida com biscoitos de gengibre. 



 

G L Ö G G - V I N H O   Q U E N T E

1 garrafa de vinho tinto - não compre um vinho muito caro pois ao esquentá-lo ele perde toda sua complexidade, mas também não compre um vinho muito barato!
1 xícara de água
5 colheres (sopa) de açúcar cristal
3 paus de canela
7 cravos
2,5 cm de gengibre cortado em fatias
5 sementes de cardamomo
1 laranja cortada em fatias
 

1.  Em uma penela, junte a água, o açúcar, a canela, os cravos, o gengibre e o cardamomo. Deixe ferver por cerca de 20 minutos.
2.  Adicione o vinho e deixe a panela em fogo baixo por cerca de 5 minutos. Não deixe ferver para o álcool não evaporar de mais.
3. Desligue e retire do fogo e deixe em infusão por, no mínimo, 1 hora. De um dia para o outro fica muito melhor. Reaqueça na hora de servir, mas não deixe ferver para o álcool não evaporar.
4.  Coe o vinho se quiser e sirva com as rodelas de laranja.


V I N H O   B R A N C O   Q U E N T E 

1 garrafa de vinho branco - não compre um vinho muito caro pois ao esquentá-lo ele perde toda sua complexidade, mas também não compre um vinho muito barato!
1 colher (sopa) de mel
4 colheres (sopa) de açúcar cristal  - ajuste ao seu paladar
1 laranja descascada, sem caroço e cortada em gomos - não deixe nenhuma parte branca pois ela deixará o vinho amargo
5 paus de canela
4 cravos
1 laranja cortada em fatias

1.  Em uma panela, adicione o vinho branco, o mel, o açúcar, a laranja descascada, os paus de canela e o cravo e leve ao fogo até que esteja quente, mas não fervendo pois o álcool não deve evaporar muito.
2. Desligue e retire do fogo e deixe em infusão por, no mínimo, 1 hora. De um dia para o outro fica muito melhor. Reaqueça na hora de servir, mas não deixe ferver para o álcool não evaporar.
3.  Coe o vinho se quiser e sirva com as rodelas de laranja.

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

Like us on Facebook

Instagram

Subscribe